Rocha que bloqueava TO-239 é detonada, mas passagem pelo trecho ainda não foi liberada

Após uma espera de quase 30 anos, moradores dos municípios de Presidente Kennedy e Itaporã do Tocantins, na região centro-norte do estado que trafegavam pela Rodovia TO-239 tiveram uma de suas principais demandas atendidas pelo governo do estado.

Desde a criação da rodovia, uma rocha bloqueava um trecho da pista no KM 14 da rodovia e obrigava os moradores a pegar um desvio de aproximadamente 15 km para se deslocar de uma cidade a outra. Sem a rocha, a distância entre os dois municípios e é de 30,32 km de extensão.

A Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), realizou a detonação da rocha na tarde desta terça-feira (11), mas a liberação do tráfego no local não tem previsão, uma vez que vai depender da limpeza dos detritos da explosão e das constantes chuvas no local.

Com a retirada da pedra, o trecho que passa por patrolamento e revestimento primário ficará totalmente desobstruído para o tráfego. Quanto à pavimentação do trecho a Ageto ainda não tem projeto de engenharia pronto neste sentido.

“A operação de explosão da pedra aconteceu dentro do que prevíamos. Uma detonação bastante rápida, com a máxima segurança para a equipe e os usuários da via, que foi interditada de ambos os lados a uma distância segura”, explicou o presidente da Ageto, Márcio Pinheiro Rodrigues.

Outra pedra

A Ageto informa que também vai retirar uma outra pedra no km 137, na lateral da rodovia TO-222, trecho entre Araguaína e Aragominas que já contribuiu para vários acidentes, inclusive, com vítimas fatais durante os últimos anos. Ela fica perto do local conhecido como britador, onde a rodovia faz curvas em formado de ‘s”.

Segundo a Agência, neste caso não haverá necessidade de detonar a pedra, mas retirá-la da margem da rodovia para a segurança dos usuários do trecho.

Moradores comemoraram a liberação do trecho bloqueado há trinta anos – Foto: Divulgação.
A Ageto informou que não haverá necessidade de outra detonação – Foto: Divulgação.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: