Carlesse entrega certificados para jovens do Programa Juventude Empreendedora 2.1 em Palmeirópolis

Com o objetivo de auxiliar os jovens na realização do sonho de ser empreendedor e conseguir um lugar de destaque no mercado profissional, a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), aderiu ao Juventude Empreendedora 2.1 que capacitou cerca de 7.500 jovens em todo o Estado. Nesta quinta-feira (12), os participantes de Palmeirópolis receberam a certificação pela participação no programa.

Carlesse que participou da entrega, destacou que o programa auxilia os jovens na realização dos seus sonhos. “Nessa fase da vida, que se tem muitas dúvidas, o Juventude Empreendedora ajuda os jovens a romperem essas barreiras e a se encorajarem para realizar o sonho de ter o próprio negócio, colocando em prática seus projetos. Esse tem sido o modelo de trabalho da nossa gestão, um modelo que cria oportunidades para todos os tocantinenses”, ressaltou.

Juventude Empreendedora 2.1 foi aberto aos jovens de 17 a 29 anos, em maio. No Tocantins, o programa foi realizado pelo Conselho Nacional da Juventude (Conjuve), em parceria com o Governo do Estado, por meio Seduc e da Agência de Fomento do Tocantins, da Besouro Agência de Fomento Social e do Fórum da Juventude da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Para dar condições da execução dos projetos, o Governo oferecerá, por meio da Agência do Fomento, linhas de crédito no valor de até R$ 6.000 com taxas subsidiadas pelo Fundo de Desenvolvimento Econômico e Sustentável (FDES), com prazo de 20 meses para pagar e seis meses de carência, o que dará tempo de o jovem ter retorno no empreendimento.

Na ocasião da certificação dos cursistas, a titular da Seduc, Adriana Aguiar, destacou que a Pasta tem atuado com várias frentes para a formação integral dos jovens. “Hoje, além do ensino regular, nós temos o ensino médio técnico que possibilita muito jovens ingressarem no mercado profissional e o Juventude Empreendedora tem se mostrado uma importante ferramenta para auxiliar aqueles que tem a ideia de um negócio, mas que não sabem por onde começar”, ressaltou.

Certificação

As certificações iniciaram na segunda-feira (9) pelo município de Araguaçu, onde foram certificados 56 jovens. Na terça-feira (10) foram certificados 195 jovens de Porto Nacional. Nesta quinta-feira (12), foram certificados 40 jovens de Palmeirópolis.

Dentre esses jovens está Isadora de Souza Moreira, 17 anos, que é aluna da 3ª série do ensino médio do Colégio Estadual Professora Oneides Rosa de Moura, em Palmeirópolis, e sonha em investir em uma empresa para aprimorar talentos. “Eu tenho um projeto para criar uma escola de dança ou de teatro, de artes, estou decidindo, e não sabia por onde começar, e a capacitação me deu conhecimento para isso”, ressaltou.

Maria Laura Tokio de Souza é aluna da 1ª série do Colégio Militar do Estado do Tocantins – Professora Maria Guedes, de Palmeirópolis, e quer abrir uma loja de joias e semijoias. “Pude aprimorar meu conhecimento para desenvolver minha ideia de abrir meu empreendimento. Aprendi como administrar o meu dinheiro, definindo o que tenho que investir e o que preciso deixar em caixa, por exemplo”, destacou.

A capacitação me deu a base para que eu possa iniciar meu negócio, então facilita muito quando a gente adquire os conhecimentos repassados pelo Juventude Empreendedora”, pontuou Matheus dos Santos Luz,  de 25 anos que também quer abrir o seu próprio comércio.

A capacitação conta com 11 etapas que abordam finanças, comunicação on-line e off-line, gestão de pessoas, entre outros. Esse projeto também conta com dicas e guias práticos que auxiliam os novos empresários na superação da crise e na descoberta de novas oportunidades de geração de renda em 2021, mesmo em meio à pandemia.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: