Denarc apreende mais de 20 kg de drogas e prende quatro pessoas por tráfico no norte do Estado

Quatro pessoas foram presas e mais de 20 kg drogas apreendidos pelos agentes da 2ª Divisão Especializada de Repressão a Narcóticos (2ª Denarc) de Araguaína, na tarde da última quinta-feira (04), em Wanderlândia, no norte do estado.

Os policias chegaram até os suspeitos após o levantamento de informações de que um grupo de pessoas estaria de posse de grande quantidade de drogas, na cidade de Wanderlândia.

Com base nas informações levantadas, os policiais civis foram até o local, uma residência situada na zona rural do município, onde flagraram os quatro indivíduos, sendo três homens com 42, 44 e 47 anos de idade, bem como uma mulher de 22 anos de idade, esposa do homem de 44 anos.

Na posse dos indivíduos, os policiais civis localizaram e apreenderam várias porções de maconha, cerca de 300 gramas de cocaína, balança de precisão, R$ 450,00 em espécie, duas munições, calibre 32, e três, calibre 22, intactas, uma munição calibre 38, deflagrada, insumos para embalar a droga, além de 73 pontos de LSD.

“Estávamos monitorando um dos indivíduos presos hoje, devido ao envolvimento dele com o tráfico de drogas, quando descobrimos que ele havia se associado a outras pessoas e estava de posse dessa grande quantidade de drogas”, explica o delegado-chefe da 2ª Denarc, José Anchieta de Menezes Filho.

Drogas na mala

Após a prisão dos suspeitos, os agentes localizaram nos fundos do imóvel, uma lona preta que cobria uma mala de viagem. Dentro da mala foram encontrados 19 tabletes de maconha, totalizando mais 20 kg da droga.

Reincidência

Segundo o delegado Anchieta, o casal capturado já havia sido preso na cidade de Aguiarnópolis, pelo crime de tráfico de entorpecentes em abril de 2019. Na época, os policiais civis apreenderam cerca de R$ 13 mil reais em dinheiro em poder do casal, e mais 7 kg de maconha que estavam armazenados no imóvel em que ocupavam na cidade.

“O homem de 44 anos e sua esposa de 22 já haviam sido capturados pela Polícia Civil, no ano de 2019 e, novamente hoje, eles foram presos pela prática do mesmo crime de tráfico de drogas”, completou o delegado.

Os quatros indivíduos foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, os três homens foram encaminhados à Unidade Penal de Araguaína, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

A mulher será recolhida à Unidade Penal Feminina de Babaçulândia e também ficará à disposição da Justiça.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: