Estrutura para competições dos rallys Séries Jalapão e Baja 500 Milhas já estão montadas

Para que competições da magnitude do 7º Sertões Séries Baja Jalapão e do Baja Jalapão 500 Milhas alcancem o sucesso, uma enorme estrutura logística e de infraestrutura precisa estar à disposição de organizadores e participantes. A mobilização em torno desta ação começou há vários meses e nas últimas semanas envolveu o trabalho de profissionais de vários segmentos.

A programação do Sertões Series Baja Jalapão segue até sábado (19) e o Baja Jalapão 500 Milhas será realizado em um único dia, 21 de junho. O evento conta com ações estruturais promovidas pela Agência Tocantinense de Saneamento (ATS) e Secretaria de Infraestrutura, passando pelo envio de uma UTI Móvel pela Secretaria de Saúde, controle do trânsito pelo Detran Tocantins, prevenção de acidentes e atendimento emergencial pelo Corpo de Bombeiros e a segurança fica por conta da Polícia Militar. Todas as equipes já estavam a postos na manhã da quarta, 16, a espera da chegada dos competidores, que ocorreu no início da tarde.

Segundo o presidente da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), Jairo Mariano, o empenho destes profissionais é fundamental para garantir a tranquilidade dos competidores e fomentar a geração de renda local. Jairo Mariano coordena a participação do Estado no evento, com apoio da Secretaria de Governo.

“O empenho destes profissionais é fundamental para garantir a tranquilidade dos competidores e fomentar a geração de renda local”, aponta Mariano.

“O governador Mauro Carlesse tem acompanhado o andamento das nossas ações”, completa, ressaltando a determinação do Governador de seguir todos os protocolos de prevenção à Covid-19.

Além do apoio do Sebrae e Energisa, partciparão do evento o restaurante Sabor do Quilombo, da Comunidade do Prata ,comunidade quilombola a 20 km de São Félix que desenvolve trabalho de Turismo de Base Comunitária.

“Nossa expectativa é de vender muitos pratos”, conta Marcela Alves, uma das seis associadas que estão trabalhando para servir um delicioso frango caipira, acompanhado de arroz, feijão, macarrão e salada, também com opção de carne bovina.

A estrutura conta ainda com um estande de vendas do artesanato em capim dourado exposto pela Associação do Produtor Rural, Comércio, Turismo, Artesanato e Extrativismo de São Félix, e a Comunidade do Prata. Ambos apoiados pela Adetuc.

“As vendas vão ajudar nossas famílias”, conta Maria Pereira Rodrigues.

“Temos cerca de 50 associados, e muitos trouxeram peças para o estande”, completou.

 

Artesanato em Capim Dourado é destaque na exposição – Foto: Divulgação Governo do Tocantins

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: