Flor de Lis atendeu mais de 60 mulheres em situação de violência doméstica em Palmas este ano

Segundo dados do Centro de Referência da Mulher Flor de Lis, sob responsabilidade da Prefeitura de Palmas, apontam que nos primeiros sete meses de 2021, cerca de 69 mulheres em situação de violência doméstica foram atendidas no local. Já em 2020, os profissionais do centro especializado atenderam 134 vítimas.

Dados da Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos do Governo Federal mostram que de janeiro a julho de 2021, as linhas de atendimentos Ligue 180 e Disque 100 registraram 38 chamadas de casos de violência contra a mulher e 209 de violência doméstica e familiar contra a mulher no Estado. Já em todo o ano de 2020 foram realizados 129 atendimentos de casos de violência contra a mulher e  271 de violência doméstica e familiar contra a mulher.

E para mudar esse cenário e informar sobre os atendimentos voltados para a mulher vítima de violência doméstica e os canais de denúncias existentes na Capital, a Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social (Sedes) deu início na noite da última terça-feira (03) ao cronograma de ações da campanha Agosto Lilás 2021. Feirantes e consumidores foram abordados no Espaço Popular Mário Bezerra Cavalcante (Feira Coberta da 304 Sul) e foram alertados sobre o assunto.

Até o dia 31 deste mês, as equipes estarão diariamente visitando Unidades de Saúde da Família (USFs), secretarias e órgãos públicos municipais e algumas feiras de Palmas distribuindo materiais informativos sobre a Lei Maria da Penha e o combate à violência contra a mulher.

Eu fico feliz em saber que nossa cidade conta com um centro que atende só esse assunto. Nós, mulheres, precisamos de ajuda para sair dessa situação de violência, pois não é fácil sair sozinha. Infelizmente eu já fui uma vítima e apanhei muito de um companheiro quando morava em Mato Grosso. Mas eu o denunciei, ele foi preso e eu mudei de cidade e de vida”, avalia a feirante Joelma Moura.

Este ano, a Lei Maria da Penha (Nº 11.340) completa 15 anos e temos visto sua consolidação e sua importância. As mulheres precisam saber que devem procurar ajuda e que elas não estão sozinhas”, destacou a titular da Superintendência de Políticas e Controle Social, Valtônia Gonçalves.

Atendimento

A Polícia Militar do Estado do Tocantins, por meio da Patrulha Maria da Penha, também é parceira das ações da campanha Agosto Lilás em Palmas.

Além das linhas de atendimentos Ligue 180 e Disque 100, as mulheres que sofrem agressão podem procurar o Centro de Referência da Mulher Flor de Lis, localizado na Avenida Palmas Brasil, ou pelos números (63) 3212- 7246 (WhatsApp)/ (63) 99296-0419. No local, as mulheres recebem orientação e encaminhamento a profissionais de serviço social, psicólogo e jurídico.

Outro espaço mantido pela Prefeitura de Palmas é a Casa Abrigo da Mulher, que acolhe as vítimas com risco iminente de morte.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: