Força-Tarefa com mais de 30 homens atua no combate à grandes incêndios na capital durante o final de semana

Cerca de trinta homens trabalham no combate a incêndio florestal que atingiu a Serra do Carmo em Palmas, no final da manhã do último sábado (28). Os trabalhos começaram cedo no domingo (29), após reunião dos representantes dos órgãos, na sede do 1º Batalhão de Bombeiros Militar, onde se formou a força-tarefa e as equipes foram criadas para as ações.

O fogo atingiu os dois lados da Serra do Carmo, inclusive na região das chácaras, na parte que fica de frente para a cidade. Cerca de trinta homens do Corpo de Bombeiros Militar, Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER), Defesa Civil Municipal e Naturatins participam do combate.

Cuidados e legislação

Em tempos estiagem, todo cuidado é pouco para evitar que queimadas se alastrem por vegetações secas. O Código de Posturas do Município – Lei 371/1992 – proíbe que seja feita fogueira em espaços públicos sem autorização da Prefeitura. E a Lei 9.605/1998, que trata dos crimes ambientais, estabelece pena de reclusão de dois a quatros anos e multa para quem provocar incêndio em mata ou floresta. A multa para quem for flagrado nesta prática pode variar entre R$ 5 mil e R$ 50 mil.

Denúncias podem ser feitas pelos telefones 153 – Guarda Metropolitana; 193 – Bombeiros; 190 – Polícia Militar; e à Ouvidoria Municipal, pelo telefone 0800-64-64-156 ou pelo e-mail: ouvidoria@palmas.to.gov.br .

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: