Homem mata ex-mulher na frente de familiares depois atira na própria cabeça na região sul de Palmas

A moradora da capital, Magnólia Marques de Sousa, de 42 anos, foi assassinada a tiros pelo ex-companheiro Everaldo Delfino Gomes, na manhã desta terça-feira (24), na casa da própria mãe, no setor Santa Bárbara, na região sul da capital.

Após matar a ex-mulher na frente de familiares, Edvaldo deu um tiro na própria cabeça e também morreu no local.

O casal estava separado há mais de um ano e devido ao comportamento violento e as ameaças do ex-marido, Magnólia tinha uma medida protetiva contra o suspeito. Segundo portal G1 Tocantins, Magnólia trabalhava em uma empresa terceirizada que presta serviço ao Laboratório Central do Estado. Ela deixa um filho de 12 anos.

Feminicídio

Segundo informações da Polícia Militar, a corporação foi acionada para atender um suposto crime de homicídio, mas ao chegar ao local, os militares se depararam com o crime de feminicídio, seguido de suicídio.

Familiares relataram a polícia que Edvaldo chegou à casa ex-sogra, armado e fazendo ameaças aos familiares da vítima.  Magnólia soube da situação e foi até a casa da mãe, onde foi surpreendida pelo ex-marido.

Os irmãos da vítima entraram em luta corporal com Everaldo na intenção de lhe tirar a arma, mas durante a confusão ele ainda conseguiu efetuar vários disparos em direção a ex-mulher. Magnólia foi atingida com pelo menos três tiros e morreu no local. Após alvejar a ex-companheira, Everaldo tirou a própria vida.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: