Justiça Eleitoral suspende pesquisa contratada por Eli Borges e fixa multa diária de R$ 53,2 mil

A justiça Eleitoral acatou o pedido apresentado pela coligação “Palmas Só Melhora!”, da candidata à reeleição, Prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB) e suspendeu a divulgação da pesquisa contratada pelo candidato Eli Borges (SD) junto a empresa Lerigou Consultoria em Tecnologia LTDA (TO-00873/2020) que seria divulgada nessa terça-feira (27).

O juiz Lauro Augusto Moreira Maia, da 29ª Zona Eleitoral de Palmas, concordou com a alegação da coligação “Palmas Só Melhora!”, e entendeu que “ há discrepância entre as informações constantes do plano amostral, em confronto com as constantes do formulário de pesquisa”.

A primeira pesquisa divulgada pela empresa, que tem como proprietário um parente do coordenador da campanha do candidato a prefeito Eli Borges, foi a única até o momento que mostra o candidato do Solidariedade à frente na corrida pelo paço.

O juiz fixou multa de R$ 53.205,00 caso a pesquisa seja divulgada. Como a decisão é em caráter liminar, o departamento jurídico do Solidariedade deve recorrer.

Confia a integra da decisão.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: