Manifestantes contrários à concessão do Jalapão são recebidos por Ministério Público do Tocantins

Uma comissão de manifestantes contrários à parceria público-privada para concessão do Parque Estadual do Jalapão foi recebida na tarde desta quinta-feira (02) pelo promotor de Justiça Marcelo Sampaio, na sede do Ministério Público do Tocantins (MPTO).

Integrada por representantes de comunidades quilombolas, de empresários do ramo turístico e do Consórcio de Municípios da Região do Jalapão, a comissão expôs suas preocupações quanto à transparência dos atos, à celeridade do processo e apontou trechos da lei que considerou vagos, e que podem atingir diretamente os moradores da região.

Marcelo Sampaio, que no ato representou a Procuradoria-Geral de Justiça, garantiu aos manifestantes que o Ministério Público do Tocantins se manterá vigilante quanto à transparência dos atos governamentais, acompanhando e fiscalizando os trâmites relativos ao Parque Estadual do Jalapão e demais áreas de Proteção Ambiental no Estado. “A nossa atuação visa garantir que sejam preservados os interesses de toda a coletividade e sendo identificada alguma irregularidade, o MPTO tomará as providências cabíveis”, disse.

Participaram do encontro, o prefeito de Mateiros e presidente do Consórcio de Municípios do Jalapão, João Martins Neto; o assessor do consórcio, Delso Oliveira; o presidente da Associação Tocantins de Turismo Receptivo, Fernando Torres; o pastor Nelcivan; além das líderes das comunidades quilombolas Jussara Tavares e Ilana Cardoso.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: