Procon aponta variação de mais de 50% no preço da carne, 122% no frango e até 87% no peixe em supermercados da capital

Uma pesquisa realizada pelo Procon no último dia 03 de novembro em 12 estabelecimentos comerciais da capital constatou uma variação de mais de 55% no preço da carde bovina, 122% na carne de frango e 87% no quilo do peixe.

Durante a pesquisa foram avaliados os preços de 35 itens. Entre as carnes bovinas, o item que atingiu maior variação de preços foi a paleta com osso, chegando aos 56% e vendida entre R$ 17,99 e R$ 27,99.

Em segundo lugar ficou o lagarto, com variação de 53%, comercializado entre R$ 31,98 e R$ 48,99. Já o contra filé com variação de 42% está  comercializado entre R$ 32,49 e R$ 45,98 e  ocupa o terceiro lugar no ranking da pesquisa.

Outras

Entre as carnes de frango o coração é o item de maior variação, 122%, e está sendo comercializado entre 13,49 e R$ 29,99. A peça de maior variação da carne suína é o lombo, atingindo os 81% e  comercializado entre R$ 17,99 e R$ 32,49.

O tambaqui, segundo o levantamento do Procon Tocantins foi o peixe que apresentou maior variação chegando os 87% e comercializado entre R$ 9,99 e R$18,69.

Quanto aos preços da linguiça, a pesquisa revelou que a tipo mista, apresentou maior oscilação, chegando a 71%. O produto está sendo comercializado entre R$ 13,98 e R$ 23,90.

Walter Viana, superintendente do Procon Tocantins, considera a pesquisa uma ferramenta fundamental para o consumidor.

“Por meio desses dados notamos a considerável variação de preços o que sinaliza para o consumidor que, antes de fazer as suas compras ele deve buscar as pesquisas e também fazer seu próprio levantamento de preços pela internet”.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: