Carlesse recebe Consul da Argentina para discutir parceria comercial com foco no agronegócio e tecnologia

Atrair investidores argentinos para o Tocantins, intensificar a parceria comercial entre Tocantins e Argentina tanto na exportação quanto na importação de produtos, e ainda, fomentar o turismo e o desenvolvimento de tecnologias entre ambos. Esses assuntos discutidos durante o encontro entre o governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse; e o cônsul-geral da Argentina, Pablo Virasoro, realizado no final da manhã desta terça-feira (18), no Palácio Araguaia.

O governador Mauro Carlesse (PSL) destacou o potencial do Estado e o desejo de atrair investidores internacionais, que possam alavancar a economia e gerar emprego para a população.

“O Estado tem um potencial muito grande, tem boa logística e está aberto para receber empresários de todas as áreas. Tenho certeza de que essa parceria Tocantins e Argentina será benéfica para ambos”, ressaltou o governador, destacando ainda o equilíbrio fiscal do Estado.

O Chefe do Executivo Estadual fez questão de ressaltar o posicionamento estratégico do Estado.

“Temos incentivos fiscais, estamos no centro do país e temos uma logística privilegiada com a Ferrovia Norte-Sul. Em breve, a Leste-Oeste, a rodovia Belém-Brasília vai ser duplicada, tem aeroporto. Tudo isso favorece a distribuição de produtos com baixo custo e em qualquer direção”, frisou.

O Governador também destacou a construção do Parque Tecnológico do Tocantins, que será construído em Palmas.

“Estamos montando o Parque Tecnológico voltado para o agronegócio. Temos vários países e empresas interessados e queremos a Argentina conosco também”, afirmou.

Interesse Argentino

O cônsul geral argentino, Pablo Virasoro, destacou que os números tocantinenses chamaram a atenção, e por isso, o desejo de estreitar a parceria comercial entre ambos.

“O Tocantins já exporta para Argentina e importa também. Queremos aumentar o intercâmbio e diversificar. A produção do Tocantins é parecida com a nossa, principalmente, a questão de commodities. E isso não significa que devemos ser concorrentes, mas sim parceiros”, ressaltou.

O cônsul geral argentino, Pablo Virasoro, destacou que os números tocantinenses chamaram a atenção e por isso o desejo de estreitar a parceria comercial entre ambos – Foto: Divulgação Governo do Tocantins

O cônsul destacou que a Argentina tem alta eficiência nas indústrias do aço, máquinas agrícolas, carros e caminhões, e ainda na formação universitária.

“Em todas as regiões do país, a produção agrícola é protagonista. O beneficiamento da soja fez com que a Argentina seja, hoje, o maior exportador de óleo de soja e farelo de soja. É bem mais rentável exportar derivados que a commodities. Exportamos softwares e somos o principal destino turístico da América Latina”, complementou.

Após uma breve apresentação sobre as potencialidades do país vizinho, o Cônsul afirmou que, assim que possível, trará uma delegação de empresários para conhecer o Tocantins.

 “Os números tocantinenses nos impressionaram, tanto que estou aqui. Em breve, podemos trazer empresários argentinos para conhecer o Tocantins e ver em quais áreas desejam investir. E, da mesma forma, podemos levar uma delegação daqui para conhecer a Argentina e as muitas oportunidades de negócios”, concluiu.

Oportunidades de negócios

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (Fieto), Roberto Pires, estava presente na reunião e ressaltou as vantagens em investir no Estado.

“O Tocantins tem muitas possibilidades, o mais forte é o agronegócio e a logística facilita o escoamento da produção. A gente entende que o regime tributário é muito facilitado e acredita que a indústria da transformação do agro é um diferencial para gerar emprego e agregar valor aos produtos”, disse.

O secretário de Estado da Indústria, Comércio e Serviços, Tom Lyra, destacou a importância da parceria com o país vizinho.

“A Argentina é um país muito importante, sobretudo na balança comercial do Estado. O Governador tem se empenhado em atrair investidores internacionais e o Tocantins já está preparado, com sua base de produção consolidada e buscando esses parceiros internacionais para que possam efetivar compra e exportações desses produtos, aumentando assim, a nossa renda per capita e consequentemente a nossa balança comercial”, destacou.

Já o secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura, Jaime Café, aproveitou para divulgar a Feira Agrotecnológica do Tocantins – Agrotins 2021 100% Digital e sinalizar, em quais áreas do agronegócio tocantinense a parceria argentina seria bem-vinda.

“A Argentina tem muita tecnologia principalmente de pecuária que a gente pode trabalhar juntos. Há equipamentos para agricultura familiar e boas tecnologias nesta área que nos interessa e também na área de armazenamento de grãos. É interesse do Estado ampliar nossa oferta de armazéns e a nossa busca por equipamentos mais baratos e eficientes para utilizar aqui na nossa região”, concluiu.

Também participaram da reunião o vice-governador Wanderlei Barbosa; os secretários de Estado da Saúde, Edgar Tollini; e da Comunicação, Élcio Mendes; e o gerente-geral no Brasil do Grupo Logístico Andreani, Fernando Corrêa.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: