Colombiano é preso no Tocantins com pedras preciosas e cocaína misturada à farinha

Uma ação conjunta entre a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Grupo de Operações com Cães (GOC) da Polícia Militar do Tocantins, resultou na prisão de um colombiano de 36 anos pelo crime de tráfico de drogas na região central do estado. O flagrante foi feito na noite da última segunda (19), na BR-153 no município de Guaraí.

Segundo as informações da PRF, ao ser abordado o colombiano declarou que havia saído de Macapá no Amapá com destino a capital Palmas. Durante a inspeção do veículo, os policiais encontraram duas esmeraldas sendo transportadas sem documentação.

Suspeita

Além das pedras preciosas, foram encontrados dois pacotes amarelos lacrados com fita adesiva. O motorista informou que se tratava de farinha de milho e trigo, um produto popular e produzido na Colômbia. Diante da suspeita em relação aos produtos, os policias realizaram o teste, que deu positivo para cocaína.

Confirmação

Além do teste preliminar, o cachorro policial do GOC da PM-TO também acusou presença de entorpecente, fato ainda comprovado pela plantonista do Núcleo da Perícia Criminal de Guaraí que também realizou uma testagem preliminar.

Harina PAN

O homem informou que os dois pacotes foram enviados por sua mãe e trazidos por um amigo da Colômbia para Macapá/AP, e que o produto das embalagens é tradicional na Colômbia, conhecido como ‘Harina PAN’ (farinha de milho) ingrediente comum da culinária colombiana.

Ao ser questionado, ele negou qualquer envolvimento com tráfico de drogas, mas diante dos fatos, foi preso em flagrante por tráfico internacional de drogas.

Após a receber voz de prisão, o estrangeiro foi encaminhado, juntamente com os 2kg de substância e as duas esmeraldas, para a Polícia Civil de Guaraí.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: