Comunidade aprova implantação de Colégio Militar em Araguaçu e Estado totaliza 23 unidades

Após consulta pública realizada nesta segunda-feira (9), a comunidade araguaçuense aprovou por unanimidade a implantação da metodologia Militar na Escola Estadual Salvador Caetano. O processo de implantação conta com o apoio do Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) e da Polícia Militar (PM).

A titular da Seduc, Adriana Aguiar, destacou o avanço na implantação dos colégios militares na gestão de Mauro Carlesse. “Quando o governador Mauro Carlesse assumiu a gestão, nós tínhamos seis colégios militares implantados e hoje estamos com a 23ª unidade implantada no Tocantins. Essa parceria se dá por meio do compartilhamento de experiência entre as instituições Seduc e PM”, explicou.

“Dentro dos colégios militares fazemos a preparação dos alunos para o processo de ensino e aprendizagem, dentro da metodologia da Seduc, sem que ele desvie seu foco da sua formação como cidadão”, apontou o major Miron Martins da Silva que estava representando o comandante-geral da Polícia Militar do Estado do Tocantins, o coronel Silva Neto.

Rosilma Ayres de Sousa Santos é trabalhadora rural e tem dois filhos matriculados na Escola Estadual Salvador Caetano, para ela, a implantação da metodologia militar é uma grande conquista para a comunidade. “Melhora o aprendizado, pois os alunos passam a ter mais disciplina e melhora também na sociedade, pois os jovens mudam o seu comportamento e se tornam mais comprometidos”, destacou.

“A comunidade esperava muito por esse momento. Tenho certeza de que estamos entrando em um novo tempo. Só posso comemorar e agradecer por nossa escola ter sido escolhida para que os nossos filhos tenham essa formação diferenciada”, comemorou Antônio Bezerra de Freitas Neto que também tem uma filha em idade escolar.

Escolas Militares no Tocantins

A unidade que receberá o método militar foi fundada no dia 28 de setembro de 1964, tendo como primeira diretora Iara Barreira de Oliveira. Nessa época, a unidade de ensino recebeu o nome de Escola Reunida Tertuliano Lustosa. Ao longo dos anos, teve vários nomes, até ser denominada Escola Estadual Salvador Caetano. Atualmente, a unidade de ensino conta com 260 estudantes matriculados da primeira fase do ensino fundamental ao 7º ano.

Com esta unidade de ensino, o Tocantins passa a contar com 23 colégios militares, distribuídos nos seguintes municípios: Araguaína, Arraias, Araguatins, Augustinópolis, Colinas, Dianópolis, Taguatinga, Alvorada, Gurupi, Palmeirópolis, Guaraí, Miracema, Palmas, Cristalândia, Paraíso, Porto Nacional, Pindorama, Aliança do Tocantins, Colmeia e Araguaçu.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: