Fiscais de Obras e Posturas ganham carteiras de identificação e recebem elogios pela fiscalização eficiente durante a pandemia

Cinthia Ribeiro entregou nesta terça-feira (17) a carteirinha funcional dos fiscais de Obras e Posturas da Prefeitura de Palmas, para que os mesmos trabalhem devidamente identificados. É a primeira vez que a equipe formada por 43 servidores efetivos passa a ter este documento.

Vocês têm e tiveram coragem, determinação e força, durante um momento muito difícil, esta pandemia. Exerceram com dignidade e profissionalismo o papel de vocês. Sintam-se honrados, vocês atuam em defesa da vida. Nós administramos uma crise, sem precedentes. Na dúvida, pecamos pelo excesso”, enfatizou a prefeita ao cumprimentar os servidores durante o evento de entrega das identificações na sede o Instituto 20 de Maio.

Nos sete primeiros meses de 2021, a equipe registrou uma quantidade de procedimentos instaurados que superou o total referente ano passado, no início da pandemia.

Para o diretor de Fiscalização Urbana, Roger Andrigo, estes documentos foram entregues em um momento bastante simbólico e oportuno, demonstrando a preocupação da atual gestão com a segurança dos fiscais. “Com esta atitude nos sentimos inseridos. Agrademos o fato de sermos ouvidos e, na medida do possível, sermos atendidos. Obrigado por colocar a fiscalização como protagonista neste momento. Seguimos confiantes no trabalho, sempre dispostos e prontos para encarar os desafios”.

Os fiscais não fazem um trabalho apenas de fiscalização, eles fazem um trabalho, também, de conscientização. Temos uma equipe de alto nível. Tenho orgulho de fazer parte de uma gestão que valoriza o servidor, que cuida da cidade e das pessoas”, destacou o secretário de Desenvolvimento Urbano e Serviços Regionais, Carlos Braga, que enalteceu a qualidade dos serviços da equipe de fiscalização.

Periculosidade

Ainda durante o evento, a prefeita falou da importância de se rever a legislação municipal e de encontrar uma forma eficiente para efetuar o pagamento de periculosidade aos fiscais de Obras e Posturas lotados na Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Serviços Regionais. “Para resguardar os nossos fiscais precisamos transformar isto em lei. A pandemia ressaltou ainda mais aos olhos esta necessidade”, comentou a prefeita.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: