Dois homens são denunciados por envolvimento de sequestro ocorrido em Porto Nacional

O Ministério Público do Tocantins (MPTO) apresentou nesta sexta-feira (23) uma denuncia contra Sherlley dos Santos Lima e Roniel Pereira de Souza, pela participação no sequestro do gerente do Sicoob, sua esposa e os filhos, com idade de dois e nove anos que foram sequestrados em casa e levados para o mato e a tesoureira, por possuir a chave do cofre da instituição financeira. O crime ocorreu em 28 de junho deste ano.

Os homens responderão pelo crime de sequestro, com a qualificadora de que o ato envolveu sequestrado menor de 18 anos, o que implica pena de reclusão de 12 a 20 anos. Eles também foram denunciados pela prática de corrupção de menores, já que um adolescente de 16 anos participou da ação.

Segundo a denúncia, Sherlley dos Santos Lima, que é servidor público, foi o idealizador e participou da execução do crime, prestando todo o suporte necessário à ação. Ele responderá, ainda pelo uso de documento falso, por ter apresentado na Delegacia de Polícia identidade em nome de outra pessoa. Já Roniel Pereira Souza seria um dos autores do delito e responderá pelo crime de roubo, por ter subtraído o celular da tesoureira do Sicoob.

Ao serem ouvidos pela autoridade policial, eles confessaram a participação no sequestro e encontram-se presos preventivamente na Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPP). Já o adolescente envolvido que também confessou sua participação, deverá responder na Vara da Infância e Juventude, pela prática de ato infracional.

A denúncia foi proposta pela 1ª Promotoria de Justiça de Porto Nacional.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: