Homem é preso após matar outro a machadadas por causa de venda de pequi

A Polícia Militar do Tocantins prendeu em flagrante às margens da TO – 255, que liga Cristalândia ao município de Nova Rosalândia, um homem de 44 anos, suspeito de ter cometido um homicídio na noite da última segunda-feira (21), contra uma vítima de 58 anos de idade.

O crime aconteceu por volta das 19 horas, onde o suspeito e vítima haviam se desentendido num acerto referente à venda de pequis colhidos na propriedade rural e vendido em Rosalândia, pela vítima. Após a venda, no retorno à propriedade rural e ingerirem bebidas alcóolicas com suas duas esposas, que são irmãs, o suspeito em luta corporal usando de um machado decapitou a vítima e arrancou seus os braços.

A PM ao tomar conhecimento do crime e com apoio de outras guarnições empreendeu diligências juntamente com outra equipe da Polícia Civil por toda a noite e logo ao amanhecer, um policial militar que estava em deslocamento saindo de serviço, localizou o suspeito às margens da rodovia, escondido num matagal onde tentou fugir mas foi detido.

O suspeito foi apresentado na Delegacia de Polícia de Cristalândia onde foi autuado em flagrante por homicídio qualificado por motivo fútil, conforme artigo 121 do Código Penal.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: