Idosos acima de 80 anos começam a ser vacinados contra a Covid-19 na Capital

Idosos com mais de 80 anos começam a ser vacinados contra a Covid-19 nesta quinta-feira (11) em Palmas. A imunização será realizada em dois postos da Capital, no Espaço Cultural José Gomes Sobrinho e no Ginásio Ayrton Sena.

O atendimento será no sistema drive-thru, isto é, as pessoas não precisarão sair do carro para serem vacinadas. Para receber a primeira dose, o idoso deve apresentar documento pessoal (RG), cartão de vacina e o cartão SUS. Idosos acamados ou com mobilidade reduzida, serão vacinados em casa. Os agentes comunitários de saúde estão realizando o levantamento desse público.

Doses

Também para esta quinta, está previsto o repasse de outras 2.360 doses da vacina CoronaVac para Palmas. Esta será a terceira remessa da vacina destinada pelo Ministério da Saúde à Capital. Até o momento, a cidade já recebeu 6.731 doses do imunizante.

Palmas já vacinou 4.866 pessoas desde o início da imunização, no dia 21 de janeiro. Conforme a Semus, 70% dos profissionais de saúde da linha de frente de combate à Covid-19 já foram imunizados em Palmas e 100% dos idosos que vivem em Instituições de Longa Permanência (ILP), seguindo os critérios estabelecidos no Plano Municipal de Imunização.

A Semus reforça que a segunda aplicação do imunizante contra Covid-19 respeitará o intervalo de 21 a 28 dias, recomendado entre a primeira e a segunda aplicação.

Estado

O tocantins recebeu na madrugada do dia 07 deste mês a nova remessa, com 45.600 doses, da vacina CoronaVac, eviada pelo Ministério da Saúde (MS).

Os municípios tocantinenses já podem procurar os Centros Estaduais de Distribuição de Vacinas, em Palmas e Araguaína, para fazer a retirada da 2ª dose da Coronavac, em complemento à 1ª remessa recebida em janeiro.
Os municípios também vão receber ainda parte da nova remessa de vacinas recebidas pelo Governo do Tocantins no último domingo, (07).

No total serão distribuídas 13.037 vacinas para aplicação da 2ª dose e fechamento daquela imunização. Além disso, serão entregues mais 21.310 (referente a 1ª dose) para continuidade da campanha, considerando a reserva técnica, conforme recomendação do Ministério da Saúde (MS).

Segundo a gerente de Imunização do Estado, Diandra Rocha, “todos os municípios poderão retirar suas doses, a partir das 8 horas. As doses distribuídas, neste momento, estão destinadas a aplicação da 2ª dose e continuidade da campanha de vacinação dos grupos prioritários, que compreendem a primeira fase de vacinação. São os idosos residentes em instituições de longa permanência, indígenas que moram em aldeias, profissionais de saúde que atuam na linha de frente de combate à Covid-19 e, agora após o recebimento da nova remessa, a inclusão dos idosos com mais de 80 anos”, afirma.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: