Justiça Eleitoral retira sites de candidatos a prefeitura de Palmas do ar por constatar irregularidades

A Justiça Eleitoral do Tocantins determinou que os sites dos candidatos Tiago Amastha Andrino (PSB) e da atual prefeita e candidata a reeleição Cinthia Ribeiro (PSDB) fossem retirados do ar a partir desta quarta-feira (04). As ações foram movidas também candidata a prefeita da capital, Vanda Monteiro (PSL).

Tiago Amastha Andrino

Segundo o juiz eleitoral, Lauro Augusto Moreira Lima, Andrino deixou de prestar informações obrigatórias à justiça e por isso, o site do candidato foi retirado do ar. De acordo com o juiz, o candidato, realizava campanha eleitoral de forma irregular. Em descumprimento, o prefeiturável poderá pagar multa diária de R$5 mil. Confira a decisão AQUI.

Cinthia Ribeiro

Também em decisão proferida pelo juiz Lauro Augusto Moreira Lima nesta quarta-feira (04), a candidata a prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro (PSDB) foi condenada pela justiça eleitoral por propaganda eleitoral irregular e terá que retirar o site da campanha do ar.

Segundo a decisão, Cinthia deveria comunicar a justiça eleitoral a existência do site e assim obter autorização para a veiculação de conteúdos relacionados a sua campanha eleitoral. O juiz entendeu que a candidata matinha o domínio eletrônico de forma irregular. Caso não cumpra a decisão a multa pode variar de R$ 5 a R$ 30 mil.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: