Justiça manda Gutierres tirar vídeo com “informe eleitoral” de suas redes e proíbe veiculação rádio e TV

A Coligação “Agora é a Hora”, da candidata à prefeita de Gurupi Josi Nunes, conseguiu na Justiça Eleitoral nesta quarta-feira (21), que o candidato Gutierres Torquato e seu vice, Eduardo Fortes, retirem do ar e sejam proibidos de veicular vídeos que simulavam um Comunicado Oficial da Justiça Eleitoral distorcendo informações sobre uma sentença judicial e disseminando propaganda eleitoral negativa e fake news.

De acordo com o jurídico da Coligação, o vídeo foi veiculado na TV Anhanguera entre os dias 16 e 18 de outubro e buscava confundir o telespectador por meio de um “Informe Eleitoral” falso e que ofendia a honra e ridicularizava a imagem da Coligação Agora é a Hora.

Conforme o juiz da 2ª Zona Eleitoral, Nilson Afonso da Silva, caso a sentença não seja cumprida, os responsáveis serão multados em R$ 20 mil ao dia. “Determino aos representados [Gutierres Torquato e Eduardo Fortes] que removam imediatamente de suas redes sociais Facebook e Instagram e de seus grupos de WhatsApp o vídeo impugnado contendo “informe eleitoral” e/ou “informativo eleitoral” e se abstenham de veicular o referido material nas emissoras de rádio e televisão (inserções e em rede)”, diz o magistrado em um trecho da sentença.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: