Mulher de 57 anos é encontrada morta com sinais de estrangulamento em Palmas

Mais um crime de Feminicídio foi registrado na capital nesta terça-feira (31), ultimo dia da campanha Agosto Lilás, de enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher.

A cozinheira Maria Soares Fortaleza, de 57 anos, foi encontrada sem vida por uma vizinha do imóvel dentro do banheiro da quitinete onde morava no início da noite, com sinais de violência e estrangulamento.

Uma vizinha disse a Polícia Militar que por volta das 13h ouviu barulhos de gritos na casa da vítima, mas não soube informar do que se tratava e afirmou não ter identificado um pedido de socorro.

Ainda conforme a testemunhas, Maria Soares havia voltado recentemente de um garimpo no estado do Pará onde trabalhava como cozinheira. O principal suspeito do crime é um homem com quem a vítima mantinha um relacionamento amoroso.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que o caso está sendo investigado pela 1ª Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa. O caso foi registrado pela Polícia Militar como Feminicídio.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: