Polícia Civil recupera mais de 20 pneus furtados de carreta no interior do Estado

Uma ação de combate à criminalidade deflagrada na tarde desta segunda-feira (9) pela Polícia Civil de Palmas resultou na recuperação de 24 pneus, além de vários aros, que haviam sido furtados de uma carreta bi trem, próximo a cidade de Miranorte, no dia 31 de julho de 2021.

A operação foi comandada pelo delegado da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA), Anderson Casé, e também contou com apoio e direcionamento do delegado Rossilio Souza Correia, que após intensa investigação, conseguiram localizar os pneus, em uma área de mata, já na zona rural de Palmas.

De acordo com o delegado Anderson Casé, os pneus, as rodas e aros serão periciados e restituídos ao seu verdadeiro proprietário. As investigações continuarão para que a equipe possa identificar e localizar o paradeiro dos autores.

Entenda o caso

Conforme investigações da Polícia Civil, na madrugada do dia 31 de julho, por volta da 4h, o motorista de uma carreta bi trem chegava a um posto de combustíveis, localizado na BR 153, próximo ao município de Tabocão e, enquanto manobrava no pátio do estabelecimento, foi rendido por homens armados que anunciaram o roubo.

Os suspeitos então renderam, amarraram e amordaçaram o motorista do caminhão e após uma hora, o deixaram amarrado próximo a uma fazenda em Miranorte. Os suspeitos retiraram 36 pneus, com rodas, aros e tambores da carreta, além de todo o combustível que havia nos tanques do veículo, o abandonaram e fugiram em seguida.

Segundo o delegado Anderson Casé, estão cada vez mais frequentes o tipo de crime patrimonial, uma vez que o valor dos pneus do caminhão são altos. “Somente os pneus que foram recuperados nesta segunda-feira, estão avaliados em mais de R $100 mil reais, o que acaba atraindo os autores para a prática desse tipo de crime. Porém, a Polícia Civil do Tocantins está atenta no sentido de identificar esses indivíduos que cometeram o crime”, ressaltou a autoridade policial.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: