Saiba quem é a nova superintendente da Polícia Federal no Tocantins; primeira mulher no comando da PF no estado

A Dra. Maria Amanda Mendina de Souza é a nova Superintendente Regional da Polícia Federal no Tocantins. Ela foi empossada em cerimônia que aconteceu na nova sede da PF no Tocantins na manhã da última sexta-feira (27).

A nova superintendente que já atuava desde sua nomeação no Diário Oficial da União, publicada no dia 03/09/2020.

Durante a Solenidade, a Dra. destacou ter a seu favor uma Direção Geral atuante e ressaltou que manterá os índices de produtividade e o trabalho de excelência desenvolvido até o momento pelos Ex-Superintendentes, além de apresentar sua nova equipe de trabalho, o Delegado Regional Executivo Dr. Rodrigo Bittencourt, o Delegado Regional de Investigação e Combate ao Crime Organizado Dr. Josean Severo de Araújo e o Corregedor Regional Dr. Wanderci Aparecido Vieira Rocha.

Posse

A cerimônia de posse foi prestigiada pelos dirigentes da PF, o Diretor Executivo Carlos Henrique Oliveira de Sousa, o Corregedor-Geral João Vianey Xavier Filho, a Diretora de Gestão de Pessoal Cecília Silva Franco e o Ex-Superintendente Regional da PF no Tocantins Delegado Chefe de Repressão a Crimes Fazendários da PF em Minas Gerais Marcílio Manfré Afonso, entre outras autoridades.

Em seus discursos, os dirigentes destacaram a relevância da PF no Tocantins no cenário nacional, parabenizaram a Direção Geral pela escolha da nova Superintendente e ressaltaram que a Drª Maria Amanda tem como características a competência, empatia e firmeza, que fazem dela uma referência na Polícia Federal.

Nova Sede

Na oportunidade, também foi inaugurada a nova sede da PF no Tocantins, um moderno edifício de 3.600m2, localizado Quadra 103 Sul, Av. LO 01, Lote 53, CEP 77015-028 na região central da Capital Palmas, mais amplo e confortável que iniciará o atendimento ao público em meados do mês de dezembro.

Perfil

Maria Amanda Mendina de Souza iniciou suas atividades profissionais jurídicas no ano de 2002 com nomeação para o cargo de Assessora na Procuradoria-Geral de Justiça do Rio Grande do Sul, atuando na promotoria da cidade de Charqueadas.

No ano seguinte, 2003, ingressou na Polícia Federal no cargo de Delegada de Polícia Federal. Sua primeira lotação na PF foi a Superintendência de Mato Grosso, onde permaneceu por cinco anos, exercendo as funções de Chefe do NUCOR, Chefe do NUDIS e Corregedora Substituta da PF naquele estado.

Em fevereiro de 2009, foi removida para Brasília para assumir a Assessoria Internacional da Polícia Federal – ARIN, oportunidade em que assessorou o Diretor Geral da Polícia Federal e o Coordenador de Polícia Internacional na área internacional. Na ARIN elaborou minutas de acordo de cooperação com forças policiais de países vizinhos, representou a Polícia Federal em eventos internacionais e ainda se graduou nos Estados Unidos, na Turma 244 da Academia Nacional do FBI.

Em janeiro de 2012, foi movimentada para a Divisão de Controle de Produtos Químicos da Polícia Federal em Brasília, onde chefiou o Núcleo Operacional durante três anos, sendo responsável por fomentar a fiscalização de empresas que trabalham com produtos químicos e elaborar projetos de capacitação na área de controle de produtos químicos.

Chefiou o Serviço de Cadastro e Licença e ainda exerceu atividades de substituta do Chefe da DCPQ. De janeiro de 2018 a abril de 2018 chefiou a DEAIN no Aeroporto Internacional de Brasília, quando, então, foi promovida à Delegada Executiva da SR/DF, em última função exercida antes desta nomeação como Superintendente Regional da PF no Tocantins.

Cabe ressaltar que na condição de Delegada Regional Executiva foi responsável – junto ao Núcleo de Segurança de Dignitários da SR/DF – pela coordenação da operação de segurança de dignitários na posse presidencial de 2019 e coordenadora do Grupo de Trabalho da SR/DF criado para atuar no encontro da XI Cúpula do BRICS.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: