Vôlei feminino do Brasil vence Coreia e vai à final contra EUA

Apesar da surpresa do corte da corte de Tandara no mesmo dia da semifinal das Olimpíadas de Tóquio dos Jogos Olímpicos, na noite de quinta-feira (manhã de sexta no Japão), a Seleção Brasileira feminina de Vôlei não desanimaram e mostraram para o que veio em um jogo cheio de emoção. Em busca do título, o Brasil terá seu maior desafio contra os Estados Unidos neste domingo. O duelo decisivo acontece à 1h30 (no horário de Brasília).

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) recebeu por email, da ABCD (Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem), a informação sobre a suspensão provisória da atleta por potencial violação de regra antidoping.   Sem Tandara, Natália assumiu o papel da oposta nas inversões durante o jogo. A seleção, porém, pouco sofreu. Mesmo contra a ponteira Kim Yeon-Koung, uma das maiores pontuadoras dos Jogos, o Brasil dominou a partida do início ao fim para garantir seu lugar na decisão.

Fernanda Garay, foi a maior pontuadora do Brasil contra as coreanas com 17 pontos.  A outra ponteira titular, Gabi, em mais uma atuação produtiva no passe e no ataque, terminou com 12 pontos.

A vaga na final também garantiu a campanha com o maior número de medalhas do Brasil na história dos Jogos Olímpicos. São 20 presenças no pódio asseguradas, superando as 19 da Rio-2016. Além da seleção feminina de vôlei, a Seleção masculina de Futebol e os boxeadores Hebert Souza e Beatriz Ferreira ainda descobrirão as cores de suas medalhas nas decisões dos próximos dias.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: