Amazonense transferido para o Tocantins não resiste às complicações da covid-19 e morre em UTI da capital

Um dos 17 pacientes transferidos de Manaus para o Tocantins no último domingo (31), para receber tratamento contra as complicações da covid-19, veio óbito nesta quarta-feira (03).

O homem de 47 anos estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Estadual de Combate à Covid-19 (HECC), desde sua chegada a Palmas.

Segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES), o paciente que não teve a identidade revelada, sofrias de outras doenças.

Na época o governo afirmou que os pacientes foram acolhidos em leitos disponibilizados pelo (HECC), onde deram continuidade ao tratamento. De acordo com informações da SES os pacientes apresentavam sintomas leves e o quadro era moderado.

O Ministério da Saúde (MS) e a Secretaria de Estado da Saúde do Amazonas já finalizaram os protocolos e procedimentos para o traslado do corpo para Manaus, o que deve ocorrer na tarde desta quinta-feira (4).

“O Governo do Tocantins se solidariza com os familiares, neste momento de irreparável dor”, lamentou o governo em nota.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: