Em visita ao Hospital do Amor, vereador Pedro Cardoso conhece toda a estrutura do complexo hospitalar

Durante visita ao Hospital do Amor nesta quarta-feira (02), o vereador Pedro Cardoso (DEM), conheceu as instalações da instituição e ficou bastante otimista com o que viu.

Acompanhado da arquiteta e idealizadora do Hospital do Amor no Tocantins, Mônica Avelino, o parlamentar conheceu os detalhes da obra que irá atender pacientes do Tocantins e diversos estados da região norte do país.

“Hoje recebemos a visita do jovem vereador Pedro Cardoso para conhecer as instalações que já estão prontas, bem como a continuidade da obra. Agora no parlamento municipal ele pode nos ajudar muito com sua visão jovem”, declarou a arquiteta que é responsável pela captação de recursos estaduais e municipais, destinados a construção do hospital.

A idealizadora do projeto afirmou que o Hospital do Amor é uma realidade no Tocantins e que a unidade, que tem a previsão de inauguração para daqui a 90 dias, atenderá a toda população mais necessitada do estado e regiões circunvizinhas.

“O Hospital do Amor é uma realidade irreversível. Essa unidade será destinada ao atendimento da população carente e a todos que precisarem de um organismo especializado de trabalho com segurança, modernidade e atendimento humanizado e amoroso, que é a principal característica da Fundação Pio XII, que coordena todos as unidades do Hospital do Amor em todo país”, pontuou.

Durante a visita o parlamentar pode entender como será o funcionamento da unidade – Foto: Divulgação

“Hoje conhecemos as instalações do Hospital do Amor aqui em nossa capital. Essa obra é de extrema importância tanto para a população palmense, quanto para a população de todo Tocantins e estados vizinhos”, avaliou o vereador.

Focado na prevenção e tratamento de câncer, o Hospital de Amor tem 16 institutos de prevenção, cinco unidades de tratamento e cerca de 25 unidades móveis em cidades como Barretos, Campinas (SP), Jales (SP) e Porto Velho (RO).

A previsão é de que o Hospital do Amor comece a receber pacientes em 90 dias – Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: