Militar de 45 anos não resiste às complicações da covid-19 e morre em Porto Nacional

O 2º tenente Cleriston Ruslan Tavares dos Santos, de 45 anos, morreu neste domingo (14) devido às complicações causadas pela covid-19. Ele estava internado em Porto Nacional, região central do estado.

Ele deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) na última sexta-feira (12) e precisou ser transferido para o hospital de referência no sábado (13). Neste domingo (14), ele chegou a ser entubado, mas não resistiu.

Segundo a Polícia Militar, o tenente ingressou na corporação em 1994, através do Curso de Formação de Soldados e trabalhou na área operacional do 6º BPM em Palmas durante a maior parte de sua carreira. No ano de 2018 concluiu o Curso de Habilitação de Oficiais da Administração (CHOA), e foi promovido ao atual posto em 2019. Atualmente o militar exercia suas funções no 5º BPM em Porto Nacional. Ele deixa esposa e dois filhos.

Em nota assinada pelo comandante-geral coronel Júlio Manoel da Silva Neto, a corporação lamentou a morte do 2º tenente.

“Militar dedicado em todas as suas atribuições e respeitado por todos integrantes da corporação, deixa um legado de compromisso com o serviço público e de profissionalismo”, diz a nota.

Porto Nacional

Segundo o Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) neste domingo (14), Porto Nacional registrou 5.250 casos da doença com 86 óbitos causados pela covid-19. A morte do tenente ainda não contabilizada oficialmente pela SES.

 

 

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: